Interventor compra caminhão de medicamentos para hospital municipal

0 Comments

Chegou ao fim na noite desta sexta-feira (4) o drama vivenciado pela saúde pública de Gravatá, agreste pernambucano. A prefeitura Municipal sob a gestão do interventor e Coronel Mário Cavalcanti, adquiriu com recursos próprios  um caminhão de medicamentos que serão distribuídos para os Postos de Saúde da Família (PSF’s) e principalmente para o Hospital Doutor Paulo da Veiga Pessoa, que desde o início da intervenção precisou encolher o atendimento em virtude de não oferecer medicamentos essenciais para o pleno funcionamento.

O interventor fez questão de acompanhar de perto a chegada do material acompanhado do Secretário de Governo, Arthur Cunha, e da Secretária de Saúde, Adelaide Caldas. Em coletiva para a imprensa o interventor destacou a importância do recebimento dos remédios:

É um esforço muito grande da equipe de saúde com os poucos recursos que dispõem, mas conseguimos adquirir com ajuda do Governo do Estado e com o afinco também de toda equipe da secretaria de saúde que está fazendo um trabalho minucioso e muito esperançoso. É preciso pegar todos os recursos que recebemos e ter um controle, fazer com isto renda, porque isto quanto mais render e economizar a população terá qualidade no atendimento. Se Deus quiser, logo estaremos com a casa organizada para que Gravatá possa ter concretizada toda esperança que podemos ver no semblante das pessoas e moradores desta cidade”, destacou o interventor.

Questionado pelo PORTAL GN sobre os critérios utilizados para a compra dos remédios e se o decreto de emergência financeira facilitou a compra dos produtos, o interventor respondeu: “É verdade, além do decreto de emergência, é importante destacar que os produtos que estamos recebendo são de extrema necessidade para o hospital, para os pacientes, que não permitiremos que falte. A vida é algo muito importante e vamos prezar por isto”, disse o coronel.

O interventor fez questão de acompanhar de perto a chegada do material, alimentos para o cardápio da merenda escolar da Rede Municipal de Ensino. Os alimentos foram adquiridos na CEASA numa parceria entre o município e o Governo do Estado.

Secretária de Saúde diz que equipamentos da saúde já tinham destino garantido

0 Comments

Inconformada como a nota divulgada pela prefeitura onde equipamentos hospitalares foram citados como “encontrados”, a ex-secretária de saúde, Aglaine Oliveira, emitiu nota de repúdio ao assunto diretamente veiculado a pasta gerida por ela durante o governo Bruno Martiniano. Aglaine citou que os equipamentos nunca foram dados como perdidos ou escondidos:

Venho através desta, informar que os materiais hospitalares ditos como encontrados na verdade nunca estiveram perdidos e/ou escondidos. A aquisição dos mesmos foi através de Emenda Parlamentar visando garantir a melhoria no acolhimento e atendimento dos pacientes em todas as Unidades de Saúde da Família do Município de Gravatá” – destacou inicialmente a secretária.

Aglaine Oliveira destacou também que sempre que uma unidade de saúde era reformada, novos equipamentos eram entreguem, no entanto de forma gradual e assistida: “Estávamos com um projeto de revitalização e ampliação destas que seguia priorizando as com maiores dificuldades para acolher e atender a população. Sempre que entregávamos uma unidade colocávamos os referidos equipamentos e mobiliários, como exemplo das unidades de Avencas, Russinhas, Jucá, CAIC, Posto II e Posto III, USF Ana Caminha I e II”, disse em nota.

Por fim, a ex-secretária alegou que a maioria dos equipamentos seriam entregues para outras cinco unidades de saúde da família: “Todo o material armazenado tinha destino certo, faltando apenas a conclusão das obras de acordo com o calendário de entrega dos prédios reformados por empresa licitada. Com o término da reforma do PSF do Jucá iniciaríamos as das USF’s de Mandacaru e Uruçu que seriam entregues até o final de fevereiro do corrente totalizando mais 5 unidades e que por falta de tempo não foram entregues conforme nosso desejo à população. Basta verificar que em 2015 revitalizamos e entregamos novos equipamentos e mobiliários em praticamente todas as unidades de Saúde da Família em Gravatá”, finalizou.