IPTU BELÉM: Consulta, Valor, Pagamento, 2 VIA

0 Comments

O IPTU 2022 Belém faz referência a um tão importante imposto que deve ser pago por todos os possantes de algum tipo de imóvel, seja ele comercial, residencial etc. Diante disso, são várias as informações que você vai obter neste post sobre o IPTU 2022 Belém. Além disso, dentre os pontos mostrados, tem-se consulta, valor, pagamento, 2 VIA, dentre muitos outros. Tendo dito isso e mais um pouco, para que você fique ainda mais por dentro do próximo imposto a ser pago por todos os que se enquadram, confira este post até o final.

Sabendo que o IPTU 2022 Belém se trata de um dos mais importantes impostos do Brasil, ficar por fora das suas informações pode custar muito caro ao bolso do desinformado. Sendo assim, para saber tudo sobre o mesmo, continue conferindo este post.

IPTU 2022 Belém

Belém é um das tantas cidades que participará da avalanche de pagamentos feitos pelos contribuintes logo no início do ano de 2022. Entretanto, vale ter em mente que isso não é algo casual, mas sim algo que ocorre todos os anos. Bem como já mencionado acima, os pontos que aqui serão abordados, são: consulta, valor, 2 VIA, pagamento, dentre outros comentários a respeito deste tão importante imposto que tanto merece atenção por parte dos possuintes de imóvel de Belém.

Como continuação, vale lembrar também que o IPTU 2022 Belém não deve ter o mesmo valor para todos, visto que o governo não o estabelece diretamente para todos. Afinal, ele determina uma porcentagem em cima do valor venal do imóvel. Para saber mais sobre o assunto, continue neste post.

Consulta IPTU 2022 Belém

É exatamente através da consulta IPTU 2022 Belém que os contribuintes ficam por dentro das mais importantes informações, como também fazer a mais importante ação, que é a impressão do boleto de pagamento. Sem mais delongas, para fazer essa devida consulta, confira agora mesmo esse passo a passo:

  • Entre agora mesmo no seguinte link: http://www.belem.pa.gov.br.
  • Feito isso, basta agora mesmo selecionar nada mais nada menos do que o tipo de consulta, que é “IPTU”;
  • Agora, o que deve ser feito é a informação do número de inscrição do seu imóvel e, em seguida, informar também os caracteres correspondentes a imagem;
  • Por fim, você terá que conferir os resultados e clicar em pesquisar.

Em caso de dúvida sobre esse ponto, basta apenas comentar abaixo expressando-a, onde estaremos fazendo o possível para responder o mais rápido que pudermos.

Valor IPTU cabo frio

No que diz respeito ao valor IPTU Cabo Frio 2022, assim como já salientado anteriormente, o governo não estipula assim logo de cara, mas, sim, faz uma determinação em forma de porcentagem em cima do valor venal do imóvel. Atualmente, a porcentagem pode variar muito de acordo com a inflação do país, no que fica entre 7% a 10%.

Como continuação, o governo permite que os contribuintes paguem o valor à vista ou até mesmo em forma de parcelas. A diferença está exatamente que, à vista, o pagador recebe um desconto em cima do valor, algo que não acontece no meio de pagamento parcelado.

2 VIA IPTU

Antes de falarmos sobre o pagamento, o ponto que envolve a segunda via do IPTU 2022, também é mais do que importante. Sendo assim, fique agora mesmo por dentro de todo o passo referente ao mesmo:

  • Entre agora mesmo no seguinte site: http://www.belem.pa.gov.br/ ;
  • Revele o número de inscrição do seu imóvel;
  • Digite, em sequência, os caracteres de segurança;
  • Feito isso, será necessário que você, agora, clique na opção pesquisar.

Pagamento IPTU

Por fim, há também o pagamento, onde se trata de um dos pontos mais importantes desse posto. Afinal, é exatamente através dele que você não acabará que arrumando problema diante da justiça e governo. Sendo assim, aqui estão alguns dos principais pontos de pagamento IPTU:

  • Itaú;
  • Banco do Brasil;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Santander;
  • Entre outros

Em caso de dúvida, comente aqui em baixo a mesma.

Interventor compra caminhão de medicamentos para hospital municipal

0 Comments

Chegou ao fim na noite desta sexta-feira (4) o drama vivenciado pela saúde pública de Gravatá, agreste pernambucano. A prefeitura Municipal sob a gestão do interventor e Coronel Mário Cavalcanti, adquiriu com recursos próprios  um caminhão de medicamentos que serão distribuídos para os Postos de Saúde da Família (PSF’s) e principalmente para o Hospital Doutor Paulo da Veiga Pessoa, que desde o início da intervenção precisou encolher o atendimento em virtude de não oferecer medicamentos essenciais para o pleno funcionamento.

O interventor fez questão de acompanhar de perto a chegada do material acompanhado do Secretário de Governo, Arthur Cunha, e da Secretária de Saúde, Adelaide Caldas. Em coletiva para a imprensa o interventor destacou a importância do recebimento dos remédios:

É um esforço muito grande da equipe de saúde com os poucos recursos que dispõem, mas conseguimos adquirir com ajuda do Governo do Estado e com o afinco também de toda equipe da secretaria de saúde que está fazendo um trabalho minucioso e muito esperançoso. É preciso pegar todos os recursos que recebemos e ter um controle, fazer com isto renda, porque isto quanto mais render e economizar a população terá qualidade no atendimento. Se Deus quiser, logo estaremos com a casa organizada para que Gravatá possa ter concretizada toda esperança que podemos ver no semblante das pessoas e moradores desta cidade”, destacou o interventor.

Questionado pelo PORTAL GN sobre os critérios utilizados para a compra dos remédios e se o decreto de emergência financeira facilitou a compra dos produtos, o interventor respondeu: “É verdade, além do decreto de emergência, é importante destacar que os produtos que estamos recebendo são de extrema necessidade para o hospital, para os pacientes, que não permitiremos que falte. A vida é algo muito importante e vamos prezar por isto”, disse o coronel.

O interventor fez questão de acompanhar de perto a chegada do material, alimentos para o cardápio da merenda escolar da Rede Municipal de Ensino. Os alimentos foram adquiridos na CEASA numa parceria entre o município e o Governo do Estado.

Secretária de Saúde diz que equipamentos da saúde já tinham destino garantido

0 Comments

Inconformada como a nota divulgada pela prefeitura onde equipamentos hospitalares foram citados como “encontrados”, a ex-secretária de saúde, Aglaine Oliveira, emitiu nota de repúdio ao assunto diretamente veiculado a pasta gerida por ela durante o governo Bruno Martiniano. Aglaine citou que os equipamentos nunca foram dados como perdidos ou escondidos:

Venho através desta, informar que os materiais hospitalares ditos como encontrados na verdade nunca estiveram perdidos e/ou escondidos. A aquisição dos mesmos foi através de Emenda Parlamentar visando garantir a melhoria no acolhimento e atendimento dos pacientes em todas as Unidades de Saúde da Família do Município de Gravatá” – destacou inicialmente a secretária.

Aglaine Oliveira destacou também que sempre que uma unidade de saúde era reformada, novos equipamentos eram entreguem, no entanto de forma gradual e assistida: “Estávamos com um projeto de revitalização e ampliação destas que seguia priorizando as com maiores dificuldades para acolher e atender a população. Sempre que entregávamos uma unidade colocávamos os referidos equipamentos e mobiliários, como exemplo das unidades de Avencas, Russinhas, Jucá, CAIC, Posto II e Posto III, USF Ana Caminha I e II”, disse em nota.

Por fim, a ex-secretária alegou que a maioria dos equipamentos seriam entregues para outras cinco unidades de saúde da família: “Todo o material armazenado tinha destino certo, faltando apenas a conclusão das obras de acordo com o calendário de entrega dos prédios reformados por empresa licitada. Com o término da reforma do PSF do Jucá iniciaríamos as das USF’s de Mandacaru e Uruçu que seriam entregues até o final de fevereiro do corrente totalizando mais 5 unidades e que por falta de tempo não foram entregues conforme nosso desejo à população. Basta verificar que em 2015 revitalizamos e entregamos novos equipamentos e mobiliários em praticamente todas as unidades de Saúde da Família em Gravatá”, finalizou.